the news blog

Google Imagens: Como aumentar o tráfego do seu site com essas dicas de SEO

Google Imagens: Como aumentar o tráfego do seu site com essas dicas de SEO

Você já deve ter escutado falar em SEO para o Google Imagens. Uma em cada três buscas na Internet são por imagens, portanto, elas se tornam grandes aliadas para aumentar o tráfego do seu site ou blog. Para isso, seu site precisa estar preparado e várias medidas precisam ser tomadas para adequar suas imagens aos rigorosos critérios do Google.

Atualmente para que você consiga ver um arquivo completo de imagem, precisa acessar os sites, o que resulta em um aumento significante de acessos vindos do Google Imagens.

Com todo esse tráfego, quem trabalha bem o SEO em suas imagens pode garantir mais chances de se destacar, pois as imagens possuem um poder incrível de viralização, além de imagens mais leves te ajudam a rankear melhor no google e, de quebra, aumentar o tráfego do seu site.

Entenda agora, tudo que você precisa aplicar para sair na frente no Google Imagens, aplicando essas dicas de SEO.

Aumente o trafégo do seu site com um bom nome para sua imagem

Capriche na escolha do nome do arquivo da imagem, salve-a com um título relacionado ao que você quer comunicar, utilizando palavras-chaves relevantes.

Inclua legendas nas imagens

As legendas embaixo das imagens são excelentes oportunidades para engajar seus leitores e também o google, que utiliza as informações das legendas para extrair informações e tentar compreender a imagem. Sempre que possível, use esse recurso para aumentar suas possibilidades de rankear. Além disso, utilize informações que facilitem a interpretação do conteúdo, que contenham as palavras-chaves que você precisa rankear e que complementem o conteúdo.

Utilizando o Alt text

O alt text é utilizado para descrever o conteúdo da imagem escolhida. Ele ajuda pessoas com deficiência visual (e que usam leitores de tela) na compreensão o conteúdo, além de serem exibidos quando o navegador do usuário não consegue carregar o arquivo da imagem por algum motivo. O alt text, também é mais um dos fatores que o Google usa para tentar entender uma imagem e sua relevância para o usuário, sempre utilizando as palavras-chaves relevantes para o rankeamento.

Adeque as imagens ao Contexto do texto

Um dos elementos de SEO para Google Imagens é o contexto em que a imagem é inserida. É importante que elas sejam inseridas na área do texto em que ela faz mais sentido. O Google utiliza o conteúdo dos parágrafos para compreender o conteúdo das figuras. Pois isso, se estiver falando sobre “Melhores passeios em Curitiba”, por exemplo, vale a contextualização com uma imagens desses itens.

Endereço da imagem

Organize o endereço dos seus arquivos de mídia de forma lógica e concisa para que o buscador entenda que aquilo é uma imagem e seu conteúdo.

Crie Engajamento com a imagem

Quanto mais pessoas se interessarem e clicarem na sua imagem melhor, pois, para o Google Imagens, os cliques indicam o quanto uma figura é relevante. Por isso, crie imagens originais e atrativas e tente otimizá-las para aumentar seus resultados.

Otimizações de SEO para E-commerce

Respeite as Dimensões de imagem 

O Google Imagens vai favorecer imagens em dimensões retangulares, em proporções como 16:9 ou 4:3, dessa forma, imagens com que dimensões como 1366 x 768 (16:9) ou 720 x 480 (4:3) ranqueiam melhor do que imagens totalmente fora do padrão, geralmente muito verticais ou horizontais. Esse padrão, costuma ser usado em resoluções de vídeos e no YouTube.

Cuidado com o tamanho do arquivo

O tempo de carregamento de uma página faz toda diferença para ranquea-lá no Google e as imagens interferem significativamente nesse tempo. Quanto mais leves forem suas imagens, melhor elas vão performar, portanto, reduza o peso das suas mídias! Ferramentas como Photoshop, podem te ajudar nesse processo.

Informações guardadas nas imagens

Toda imagem possui informações armazenadas pelo dispositivo que ela foi capturadaEssas informações são chamadas de metadados e são importantes para questões técnicas de fotografia, mas esses dados armazenados, ocupam muito espaço e para que isso não aconteça, você precisa reduzir o tamanho das imagens e otimizar o tempo de carregamento do seu site. Para fazer isso, basta limpar esses metadados, clicando com o botão direito do seu mouse sobre o arquivo da imagem e indo até propriedades e na sequência detalhes. Lá, você vai encontrar a opção de remover os metadados do arquivo.

Compartilhamentos da imagem

A incorporação de uma imagem em outra página por meio da tag HTML embed, é um fator importante para o ranqueamento do Google Imagens. Facilite e incentive o uso do embed em outras páginas sempre que possível.

A posição da imagem na sua página

A recomendação do Google é clara. Para ranquear melhor, a imagem que melhor define seu conteúdo, deve estar próxima ao topo da página. Assim, você ganhará um forte impacto no seu ranqueamento e a palavra-chave que você pretende destacar ganhará mais força.

Quantidade de Textos dentro da imagem

Assim como no Facebook, no Google também é importante não inserir tanta informação dentro das imagens. Primeiro porque os mecanismos do buscador não conseguem reconhecer esse conteúdo e segundo porque esse texto não fica disponível para as ferramentas de tradução automática do Google, o que piora a acessibilidade do usuário, prejudicando o seu ranqueamento. Por isso, tudo que for relevante, coloque em HTML e quando publicar infográficos, insira no texto de acompanhamento informações que descrevam o conteúdo e seu contexto.

Utilize Imagens responsivas

Hoje em dia é raro quem ainda acessa a internet exclusivamente no computador. A grande maioria das bucas, são feitas por smartphones ou tablets. Se o seu site ainda não é responsivo, está na hora de realizar as adequações necessárias, pois, sites que não sejam responsivos são penalizados pelo Google e perdem destaque nas buscas feitas nos dispositivos móveis

Torne sua imagem relevante

Nunca utilize imagens que não tenham nada relacionado ao tema abordado, para não correr o risco de aparecer em resultados irrelevantes para o seu negócio. Use imagens que façam sentido, caso for abordar a cidade de Curitiba, por exemplo, use uma imagem de Curitiba e não uma foto qualquer sobre outro tema.

Dados estruturados

O Google Imagens usa o sistema de dados estruturados para criar certos “selos de destaque” para otimizar a busca dos seus usuários. As categorias básicas são vídeos, receitas e produtos, portanto, utilize os os dados estruturados para ganhar destaque nas suas imagens. Para fazer isso, utilize títulos que vão de encontro com o que o usuário busca e com essas categorias.

Open Graph e Twitter Card

Como já comentamos, quanto mais a imagem do seu site é incorporada em outras páginas, mais relevante ela é para o Google. Quando o seu conteúdo tem qualidade, gera relevância e será compartilhado organicamente nas redes sociais, dessa forma, suas imagens terão a chance de serem incorporadas infinitas vezes com esses compartilhamentos. Para que isso seja possível, é preciso ter as tags de imagens para redes sociais configuradas corretamente em seu site.

Sitemap de imagem

Criar um sitemap para os conteúdos do seu site é essencial para o SEO, mas, você já pensou em criar um sitemap para as imagens? Isso mesmo! O próprio Google faz essa recomendação, assim, você vai facilitar o buscador a encontrar seus arquivos de mídia e garantir um melhor ranqueamento.

SafeSearch

Sempre que uma imagem ou página é marcada como negativa ou bloqueada por um usuário, o SEO do seu site recebe um pontinho negativo do Google. Pensando em garantir bons níveis de segurança, o Google criou o SafeSearch, para filtrar conteúdos impróprios para crianças dos seus resultados de pesquisas, portanto, quando uma imagem considerada imprópria for exibida em um dispositivo com o SafeSearch ligado, esse conteúdo será marcado como negativo e bloqueado, por isso, é importante indicar para o Google sempre que suas imagens forem indicadas para adultos, você também pode utilizar de metadados para marcar suas páginas como conteúdo adulto, assim, as imagens não serão exibidas para quem possui o sistema ativado, o que impede que você sofra punições.

Formato da imagem

Utilize apenas os formatos aceitos pelo Google imagens para ranquear de forma adequada. São aceitos os seguintes:

– JPEG;
– PNG;
– MBP;
– GIF;
– WebP;
– SVG;
– Imagens in-line.

Fatores gerais de ranqueamento

Tudo é contextualizado no Google, por isso, trabalhe em conjunto com todos os itens para obter os melhores resultados. Otimizando sua página para aparecer no Google, você ganhará pontos nas buscas do Imagens. Faça um trabalho completo, usando todos os elementos ao redor do seu site.

DELARAMKT
DELARAMKT

Leave a Comment

× Como posso te ajudar?